Virtualizando uma máquina física

Virtualizar máquinas fisicas podem resolver uma série de problemas, como: migrar servidores, ter mais controlo sobre backups e restaurar máquina após incidente.

Para tal é necessária alguma preparação:

  • Uma unidade externa grande ou maior do que a unidade a ser virtualizada (formatada em NTFS para evitar  limites 4GB em partições FAT32 4GB)
  • A ferramenta dd
  • Uma distro linux ou Hiren's BootCD

Deve excluir ou mover todos os arquivos desnecessários (como imagens, filmes, música, etc.) da unidade física, bem como certificar de ter todas as actualizações estão instaladas.

1. Ligar unidade externa ao computador que se pretende converter
2. Iniciar o computador através do Hiren's BootCD (CD / Pen)
2.a. No terminal:
3.

lsblk

(listar as unidades)
4. Montar a unidade externa (x – a letra que identifica a unidade externa)

 mount -t ntfs-3g /dev/sdx /media/media/EXTERNAL_DRIVE 

5. Criar o arquivo de imagem. O comando para criar isso é:

dd if=/dev/sdx of=/media/EXTERNAL_DRIVE/sdx.img bs=1024

6. Converter o arquivo *.img numa imagem pronta após remover a unidade externa
6.a. Qemu-ready image:

qemu-img convert -f raw sda.img -O qcow sda-qcow.img

6.b. VirtualBox image:

VBoxManage convertdd input.img output.vdi

7. Criar a maquina virtual e apontar para a imagem criada anteriormente