Proxy Server

Na prática, uma máquina que se ligue através de um proxy, “obedece” às regras definidas por este e todos os pedidos (ex. páginas web, ficheiros, etc) são também feito pelo proxy que posteriormente os devolve ao cliente. Desta forma é fácil filtrar os conteúdos que pretendemos através do proxy, uma vez que todos os pedidos passam por ele.

proxy_01

O Squid oferece funcionalidades de proxy HTTP, suporte para caching de páginas web, mecanismos de controlo de acessos entre outras funcionalidades.
Como instalar o Squid Web Proxy?

Para instalar o Squid no Raspbian deve abrir o terminal e inserir o seguinte comando:

$sudo apt-get install squid

Depois de instalado, vamos efectuar uma cópia do ficheiro de configuração do Squid.

$cd /etc/squid/
$sudo –i
$cp squid.conf squid.conf.ORIG

Para simplificar o ficheiro de configuração (squid.conf), podemos retirar tudo o que é comentários ou linhas em branco. Para isso basta usar o seguinte comando:

$cat squid.conf.ORIG | egrep -v -e '^[[:blank:]]*#|^$' > squid.conf

Configuração do Squid

$nano /etc/squid/squid.conf

A configuração do squid é relativamente simples. Para isso devem proceder as seguintes alterações:

Considerando que a nossa rede interna é a 192.688.1.0/255.255.255.0, devem acrescentar no ficheiro a seguinte regra:

#acl localnet src 192.168.1.0/24

#dns_nameservers 208.67.222.222
#dns_nameservers 208.67.220.220

Para permitir que as máquinas internas acedam à rede via proxy, devem acrescentar também a seguinte permissão antes da linha #http_access deny all

#http_access allow localnet

Nota: Podem desactivar a rede 10.0.0.0/8 e 172.16.0.0/12

Depois de feitas as configurações anteriores, devem reiniciar o serviço squid.

/etc/init.d/squid reload

Para utilizar o proxy, devem aceder browser, definições, inserir a seguinte informação nas definições do proxy

    Address: 192.168.1.94  (endereço do proxy squid)
    Port: 3128

Credits